A importância da reconciliação

Jesus entende bem de relacionamentos quebrados (Romanos 5.6-11). Sua missão na terra era restaurar nosso relacionamento corrompido e nos reconciliar com Deus. O pecado da desobediência de Adão e Eva arruinou o relacionamento deles com o Criador. E o pecado deles foi imputado a toda a humanidade, pois “assim como por meio da desobediência de um só homem muitos foram feitos pecadores, assim também, por meio da obediência de um único homem [Jesus] muitos serão feitos justos” (Romanos 5.19).

Nossos pecados nos tornam inimigos de Deus, mas Jesus nos reconcilia com Deus através do seu sangue derramado na cruz (Romanos 5.10). A doutrina da reconciliação é extremamente importante, pois Deus livremente decidiu sacrificar seu próprio Filho, para nos tornar justos e abrir a porta para um novo relacionamento com ele, assegurado por Cristo.

É por isso que as Escrituras ensinam e enfatizam a nossa reconciliação uns com os outros. É nossa responsabilidade anunciar a reconciliação com Deus através de Cristo e buscar a reconciliação dos nossos relacionamentos terrenos que estão quebrados.

Durante esta semana, lembre-se do como o sacrifício de Cristo nos reconcilia com Deus e como tal reconciliação impacta e afeta todos os nossos outros relacionamentos!

Pr. Thiago. Publicado no Boletim 304 | 25 de outubro de 2015.

Categorias: PastoraisTags: , ,

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *