Lar de Betânia (ASELB)

A Associação Evangélica Lar de Betânia (ASELB) nasceu do trabalho abnegado e voluntário de algumas pessoas no ano de 1958. Sua primeira sede foi na então congregação da Igreja Presbiteriana de Vila Maceno. Inicialmente abrigando 3 idosos, sendo 2 do sexo feminino e 1 do sexo masculino. O número crescente de pessoas que procuravam por abrigo nesta casa, obrigou a diretoria da época a ampliar suas instalações.

Projeto centro-dia

Ante a doação de um terreno, onde hoje nos encontramos sediados, e acirrada luta, conseguiu-se construir e inaugurar suas instalações próprias com capacidade para 43 internos. Atendemos a uma média/mensal de 40 usuários internos – através do PROJETO ABRIGO e ainda a uma média de 10 pessoas no PROJETO CENTRO-DIA (Contrapartida da Entidade).

O centro-dia é uma estratégia de atenção aos idosos, onde eles permanecem durante oito horas por dia, sendo prestados serviços de atenção à saúde, fisioterapia, apoio psicológico, atividades ocupacionais, lazer e outros, de acordo com as necessidades dos usuários. E é importante pela possibilidade da pessoa idosa ser atendida durante o dia e retornar à noite para sua residência e porque proporciona ao idoso manter seus vínculos familiares.

Abrigo 24 horas, sete dias por semana

O objetivo geral é prestar serviços de abrigamento, cuidados e proteção por 24 horas, para idosos em situação de vulnerabilidade social em situação de abandono, sem família ou impossibilitados de conviver com suas famílias, desenvolvendo esforços constantes para reconstrução dos vínculos familiares que propiciem o retorno do idoso à família.

Objetivos específicos

  • Atender às necessidades dos idosos.
  • Manter contato social e atividades de lazer, visando a integração do idoso com a comunidade.
  • Envolver as famílias nas ações e promoções.
  • Melhorar a qualidade dos serviços prestados aos idosos.
  • Promover interação entre os idosos.
  • Estimular a conscientização do papel da família em relação ao idoso.
  • Oferecer apoio emocional sempre que necessário.
  • Respeitar a participação nas atividades compatíveis com seus limites e interesses, promovendo sempre um ambiente seguro.
  • Realizar atividades para que o idoso redescubra o interesse e perspectiva de vida.
  • Promover a ressocialização.
  • Diminuir a ansiedade, a ociosidade e o isolamento com lazer e atividades.

O público alvo são pessoas idosas, de ambos os sexos, na faixa etária a partir de 60 anos; em situação de vulnerabilidade social, em situação de abandono, que não possuam família e que quando as possuam, não tenham condições sócio econômicas e psicológicas de assistir esse idoso; sendo semidependentes e independentes; residentes do município de São José do Rio Preto.

Pelo projeto serão atendidos idosos que residem no município de São José do Rio Preto e que esteja em situação de vulnerabilidade e risco social, seguindo critérios do CREAS e das Instituições de Longa Permanência para Idosos do Município.

Utilizaremos vídeos, palestras, reuniões, orientações sócio educativas, visitas domiciliares com orientações em AVDs e AVIs, promoção e educação em saúde, orientações individuais, incentivando o senso crítico dos idosos e familiares para melhora da qualidade de vida dos mesmos. Serão usados recursos específicos de acordo com cada área.

Pretendemos avaliar o interesse e a motivação dos idosos dentro das atividades desenvolvidas, bem como seus aspectos saudáveis físicos e emocionais, verificando sempre a evolução dos idosos nas atividades, através de relatos dos idosos no Grupo Operativo e atendimentos individuais, nas reuniões semanais com equipe multidisciplinar e através das reuniões trimestrais com famílias.

Presidente: Paulo Dalbino Bovério. E-mail: p.boverio@terra.com.br.

Próximos eventos