Bens materiais e felicidade

A temporada de compras de fim de ano já está começando. Anúncios e propagandas destacam as melhores e mais recentes ofertas. Muitos de nós frequentamos os shoppings e aproveitamos esta época do ano para comprar algumas coisas, mas a questão é: Como podemos aproveitar de forma eficiente, prudente e cristã esta época do ano?

Os cristãos são chamados para exercer suas escolhas de maneira consciente. Nós não compramos simplesmente por comprar. Temos a responsabilidade de cultivar hábitos que nos ajudem a exercer nossas escolhas de acordo com a vontade de Deus. A relação entre bens materiais e felicidade humana de acordo com o mundo é conflitante. Ele nos diz: Acumule bens materiais, e você encontrará felicidade. Porém, esta visão é perigosa. Deus providenciou um mundo cheio de bênçãos, e a chave é valorizar e desfrutar essas bênçãos materiais sem tirar os olhos do que é eterno. Quando confundimos as duas coisas, falhamos em glorificar devidamente a Deus e caímos em idolatria.

A Bíblia nos exorta sobre a relação entre os bens temporais e a felicidade eterna. Roupas e alimentos são coisas boas e importantes, mas Jesus diz: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33). É isto que devemos ter em mente, enquanto desfrutamos de mais um fim de ano.

Pr. Thiago. Publicado no Boletim 310 | 06 de dezembro de 2015.

Categorias: PastoraisTags: , , ,

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *