Blog

Aniversário 2019 post

82 anos da IPB Rio Preto. Igreja viva pela oração

De 10 a 31/03: cultos especiais pelos 82 da IPB Rio Preto Igreja viva pela oração Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar (2Crônicas 7.14-15). 10/03 | Primeiro domingo de celebração Manhã:…
Orações pelo novo governo

Encorajamento à oração

Versão em PDF (202 KB). A nossa confiança, devemos nos recordar, deve estar no Deus Todo-Poderoso, que nos capacita para toda boa obra. O Deus que busca o seu povo no deserto de seus próprios pecados, que nos dá corações arrependidos, ele mesmo não nos providenciará novo coração? Pois, aquele que inclina o coração de reis não há de inclinar os corações de nossos governantes? Não é o Senhor dos Exércitos o que comanda, o “capitão” que governará nosso país?…
Relatórios 2018

Relatórios 2018 distribuídos

No dia 27/01, por ocasião da assembleia ordinária, apresentaremos os Relatórios Gerais 2018, com a súmula da caminhada viva e simples da IPB Rio Preto. Todos os departamentos e ministérios devem preencher e entregar este relatório para inclusão no Relatório Geral. Preencha e envie para o e-mail secretariaipbriopreto@gmail.com ou entregue na Secretaria ou para o Rev. Misael, até 05/01/2019. Você pode fazer download das versões em PDF e MS Word do relatório. Formulário em PDF. Você pode preencher diretamente no…
Dispositivo de leitura digital

Saiu o Hinário Novo Cântico Digital

A Editora Cultura Cristã disponibiliza, para download gratuito, a versão digital do hinário Novo Cântico. Por enquanto a distribuição está sendo feita pelo servidor da Igreja Presbiteriana de São José do Rio Preto, que colaborou com a produção do e-Book. Um percentual cada vez maior de crentes da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) lê a Bíblia, livros e notícias diretamente em seus tablets, smartphones e outros dispositivos. Mas até agora, só estavam disponíveis na internet arquivos “não autorizados” do Novo…

Celebremos o Natal!

Algumas igrejas não comemoram o Natal. Dizem que celebrar o Natal não cabe, pois não se sabe a data exata do nascimento de Jesus. O louvor a Deus pela encarnação, no dia 25 de dezembro, seria uma farsa imposta pela paganização da igreja. Outros questionam a simbologia. A árvore e os enfeites são símbolos pagãos contrários ao Cristianismo. Por último, afirma-se (desonestamente) que os reformadores não comemoravam o Natal. Sendo assim, nós não devemos fazê-lo. Tenhamos cuidado com a demonização…

O poder expulsivo da gratidão

Descontentes não agradecem. Insatisfeitos apenas olham para o que está faltando, o que está ruim, o que não segue os seus padrões e expectativas. Na raiz do descontentamento está o egoísmo e a ingratidão. Egoísmo, pois eu me vejo como o centro do mundo e da minha vida; ingratidão, pois não me alegro nem agradeço pelo que recebi — muitas vezes nem reconheço que as tenho recebido. É essa a sua história? Notando sempre o que não possui, criticando a…

Vamos trabalhar para Deus

Em Gálatas 1.15-18, Paulo resume suas atividades durante as primeiras quase duas décadas após sua conversão. Chama atenção sua viagem à Arábia e os tempos de Gálatas 1.18 e 2.1: “três anos”, “quinze dias”, “catorze anos”. Notemos a ordem das coisas, primeiro, a preparação, depois o serviço. O ministério demanda uma obra paciente da providência de Deus. Ordinariamente, Deus faz as coisas devagar. Ademais, Paulo se dedicou a cumprir o chamado de Deus para sua vida. Com todo o seu…

Vamos depender de Deus

O Salmo 131 inicia com as seguintes palavras: “Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim”. O apóstolo Paulo assumiu este Salmo plenamente. Em Gálatas 1.18—2.2, descobrimos uma característica de Paulo que também deve existir em nós: ele dependeu de Deus antes e acima de tudo. Após sua conversão e chamado, Paulo não procurou imediatamente a igreja em Jerusalém. Ele recebeu a…

Comunhão preciosa

Os grupos pequenos da igreja (grupo da igreja simples, GIS) têm sido motivo de gratidão a Deus em meus dias. Dentre as razões, destaco a comunhão que eles promovem. Esses grupos despertam envolvimento que gera intimidade entre os irmãos. Por meio do estudo das Escrituras, da prática cristã, da oração mútua, dos testemunhos de vitórias e tropeços, Deus nos permite levar as cargas uns dos outros (Gl 6.2) e, assim, consolando-nos, nos fortalece na caminhada diante dos desafios da vida.…

Temor santo

A história da Reforma é a história dos temerosos. Eu explico iniciando com Martinho Lutero. A primeira grande virada na vida de Lutero se deu por causa de um ato de grande medo. Ele estudava Direito na universidade de Erfurt, Alemanha. O sonho de seu pai era que, obtendo sua formação, voltasse a Mansfeld e se tornasse prefeito. Mas algo aconteceu no caminho. Literalmente “no caminho”. Após uma visita à família, Lutero retornava para Erfurt, quando uma terrível tempestade teve…

O evangelho muda tudo

Em Gálatas 1.13-14, Paulo informa que o evangelho produziu uma mudança completa em sua vida pessoal. Ele escreve: Porque ouvistes qual foi o meu proceder outrora no judaísmo, como sobremaneira perseguia eu a igreja de Deus e a devastava. E, na minha nação, quanto ao judaísmo, avantajava-me a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Paulo foi um jovem judeu promissor, mas considerou sua carreira como perda (Fp 3.4-8). Nós podemos fazer planos, mas Deus…

Dedicação exclusiva

Em Gálatas 1.10, Paulo declara: “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo”. Temos de nos dedicar exclusivamente a Deus. Paulo estava certo de que “se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo”. Estas duas coisas são excludentes: ou agradamos a homens ou agradamos a Cristo. Paulo não buscava o aplauso humano, mas a aprovação de Deus, diante de…

Vida sem limites

Viajando esta semana, a placa de trânsito avisava: “Se beber não dirija”. Logo em seguida, outra advertência: “Não dirija usando o celular”. E ainda outra: “Crianças só no banco traseiro”. Pensei: o homem não gosta de limitações. Adão e Eva ignoraram o limite imposto por Deus (Gn 2.16-17). Depois disso, no episódio de Babel, o Senhor já havia constatado que: “[…] agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer” (Gn 11.6). E desde então, o pecador vive para extrapolar…

A sinceridade do evangelho

A quem queremos agradar? E por qual razão? Eis duas perguntas incômodas. Admitamos que fazemos muito coisa em busca de aprovação. Se formos agradáveis, seremos socialmente aceitos. Em um grupo, nem todos apreciam o “criador de caso”. Isso nos inclina a fazer aquilo que agrada aos demais. Em Gálatas 1.10, Paulo declara: Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo. Por…

Sobre leões e ratos

O medo e a ira podem ser as mesmas palavras ditas com uma atitude diferente. “Nem tudo o que reluz é ouro”, dizia o antigo ditado. Nem tudo é realmente aquilo que parece ser. Pense no marido que explode com a sua esposa. Ele não gosta de certas roupas que ela usa, ou de certas críticas que ela faz. Age de modo irado e estridente. Pense no chefe e seus subordinados. O modo que escolheu para manter a produtividade de…

Que dia é hoje?

Com grande contentamento comemoramos hoje, “O dia da Escola Dominical”. Elevamos a Deus nossa palavra de gratidão por esta instituição genuinamente evangélica que se constitui em manancial de copiosas bênçãos para seus alunos em todo o mundo. Como sabemos, tal instituição funciona aos domingos, o dia do Senhor, como indica seu nome. Tudo começou em 1780, na cidade de Gloucester na Inglaterra, quando o jornalista Robert Raikes, quebrando as tradições dos rígidos costumes de seu povo, resolveu reunir crianças desprovidas…