Sermões

Um bom lema para 2013

“Falava ele ainda, quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: Tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre? Mas Jesus, sem acudir a tais palavras, disse ao chefe da sinagoga: Não temas, crê somente” (Marcos 5.35-36). Estas palavras de Jesus ditas ao chefe da sinagoga, são muito apropriadas. Diante da doença grave de sua filha Jairo procurou o Messias, suplicando por intervenção milagrosa. Jesus acolheu sua súplica e foi com ele, a fim…

A legítima autoridade espiritual

Dando continuidade à nossa série de sermões na epístola de Paulo a Filemon, deparamo-nos com os versos 8 a 10. A providência divina faz com que estes versículos sejam extremamente pertinente para o início de um novo ano. Eles nos falam sobre algumas características da legítima autoridade espiritual. Eles dão um norte bíblico para aqueles que de alguma forma assumem uma postura de liderança, bem como para os que são liderados. [sermons id=191]

Jesus é Único

É muito comum durante as festas de fim e de início de ano ouvirmos ou até mesmo repetirmos a seguinte expressão: “é preciso lembrar no verdadeiro sentido de todas estas coisas: Jesus Cristo”. De fato, precisamos lembrar sempre de Cristo. Contudo, mais do que lembrar de Jesus, é necessário que saibamos quem é este Jesus para nós. O texto de Mateus 1.1-17 nos mostra que Jesus é Único, e nos traz alguns motivos para tal afirmação; motivos estes extremamente preciosos…

A caminhada cristã: amor

A tônica de Paulo no contexto de Gálatas 5 e 6 é “andar em amor”, atestada pela extensa ocorrência da expressão “uns aos outros”.  Mas que tipo de amor é esse? Em Gálatas 6.1-5, Paulo nos ensina que este amor cristão possui 3 características. Amor que corrige. Nós precisamos de alguém que nos diga: “você está errado.” Amor que ajuda. Mas também precisamos de alguém que nos diga: “eu te ajudo.” Amor que responsabiliza. Por fim, necessitamos de alguém que nos diga:…

A caminhada cristã: humildade

Já vimos que o resultado de andar no Espírito Santo é humildade e paz. Humildade é o primeiro desfrute de uma vida verdadeiramente no Espírito. Jesus disse para aprendermos dele, pois ele é humilde de coração. Este é o princípio do discipulado. Mas como é ser humilde na prática? De acordo com Gálatas 5.26, a vida humilde possui 3 marcas. Nenhuma vanglória. O verdadeiro crente não é aquele que se vangloria seja do que for. Nenhuma provocação. Cristãos autênticos não…

O proceder cristão

Como proceder na casa de Deus diante dos “lobos ferozes”? A primeira epístola de Paulo a Timóteo nos mostra como. Vemos aí as instruções de Paulo a este pastor em Éfeso, para que ele soubesse como reagir diante de qualquer situação. Primeiro, ele ensina que devemos aplicar os ensinamentos de Deus na nossa própria vida, não agindo com parcialidade nos relacionamentos interpessoais. Segundo, também não devemos ser negligentes para com a fé que Deus nos deu, mas reavivar este dom.…

Vai tudo bem com o menino?

“Vai tudo bem com o menino?” Esta pergunta deve nos fazer pensar sobre aquilo que o próprio Deus deseja de nossas famílias. Eliseu, sucessor do profeta Elias, é acolhido por uma família que tinha em sua casa um quarto para este servo de Deus. Num determinado dia o profeta dirige a seguinte pergunta à mulher daquela casa: “Vai tudo bem contigo, com teu marido, com o menino?” 2Rs 4.26b. O modo como Eliseu articula esta pergunta nos mostra a abrangência…

A Igreja de Cristo

A conclusão dos sermões sobre o fruto do Espírito nos mostrou que o resultado da santidade no Espírito é humildade e paz dentro da comunidade cristã, ou seja, amor fraternal dentro da Igreja de Cristo. Contudo, nos últimos tempos a comunhão dos santos tem sido deturpada por igrejas que oprimem social e financeiramente seus membros, gerando crentes secularizados, impessoais, desunidos, egocêntricos e orgulhosos. Em Filipenses 2.1-11, o apóstolo Paulo exorta a Igreja de Cristo a caminhar na contra mão de…

O fruto do Espírito: Seu desfrute

O fruto do Espírito conduz sua Igreja à prática da humildade dentro do contexto da Igreja. Isso é possível quando os crentes andam no Espírito, pois só assim a carne será vencida. Dentro da doutrina da redenção, a Bíblia fala sobre a União com Cristo.  Aquele que está em Cristo é nova criatura. Nós não apenas caminhamos perante Deus, mas estamos incluídos nEle. Não conseguimos compreender isso totalmente, pois palavras não são suficientes para tanto. Contudo, este mistério maravilhoso diz…

O fruto do Espírito: Seu sabor

O fruto do Espírito é operação do Deus vivo em nós, realizando o milagre da santificação. O erudito William Barclay, em seu precioso livro As Obras da Carne e o Fruto do Espírito, nos ajudou a compreender detalhes desta obra de Deus em nós. Este fruto é doce nos detalhes e em sua eficiente aplicação. Paulo fala sobre o amor. A palavra que ele usa é muito especial, que distingue o amor cristão. Platão dizia que o amor é para…

O fruto do Espírito: Sua natureza

O fruto do Espírito é a confirmação de uma promessa que encontramos no livro do profeta Ezequiel. Também é o cumprimento e confirmação da palavra de nosso Senhor registrada no 15º capítulo do Evangelho de João. O fruto do Espírito é excelente e condiz com a lei. O Espírito produz boas obras em nós. Muitos cristãos entendem que “boa obra” é algo que possamos produzir. Paulo no ensina que isso que chamamos de boas obras é o fruto do Espírito,…

Mês da família

Oremos para que em maio Deus nos abençoe com salvação e santificação. Meditaremos na família a partir da Palavra de Deus. Serão pregados sete sermões sobre família, os seis primeiros baseados no livro de Gênesis e o último, na 1ª carta de Paulo aos coríntios. O pregador será o Rev. Misael. Se Deus quiser, será um mês de edificação e transformação. Aproveitemos para convidar nossos familiares, colegas de trabalho e amigos. Eis as datas, horários e temas das mensagens: 01/05…
  • 1
  • 2