Dez anos

No fim da madrugada de 01 de janeiro de 2010, minha família entrou no carro chorosa. Assim que saímos do Distrito Federal, começou a tocar uma música que diz:

A minha vida é do Mestre, meu coração é do meu Mestre; o meu caminho é do Mestre, minha esperança é meu Mestre.

Chegamos em São José do Rio Preto no início da tarde, com os corações apertados e, ao mesmo tempo, pacificados pela convicção da direção de Deus. Aqui nós fomos acolhidos com muito amor pelos irmãos.

Confesso que comecei a década passada imaginando que eu seria muito usado por Deus para abençoar a igreja, mas aconteceu o contrário. Ao longo destes anos, eu tenho sido o maior beneficiado nesta relação. Mesmo sendo tão fraco e falho, eu não deixei de ser respeitado, provido e acompanhado em oração. Ainda que, com todas as minhas limitações, eu possa ter sido útil, a medida do cuidado do Conselho e dos demais irmãos transbordou toda medida de minha utilidade.

Sendo assim, eu não posso deixar de, neste Boletim de décimo aniversário de ministério entre vocês, dizer a cada um dos membros desta igreja querida: muito obrigado!

Oro para que não apenas no ano de 2020, mas na próxima década, possamos caminhar e trabalhar com muita disposição e amor, sempre dependentes e sob a graça de nosso bondoso Deus e Pai.

Pr. Misael.