Dia nacional de ação de graças

A celebração do Dia de Ação de Graças originou-se nos Estados Unidos em 1621, quando organizou-se uma festa para agradecer a Deus por uma colheita farta após um inverno rigoroso. Ali foi instituída como feriado nacional. No Brasil, o “ Dia Nacional de Ação de Graças” foi instituído em 17 de agosto de 1949, estabelecendo-se que fosse comemorado na quarta quinta-feira de novembro. Entretanto, como outras datas relevantes, esta tem passado despercebida, inclusive do meio evangélico.

A memória humana é viva quando se trata de pedir, mas curta quando se trata de agradecer. O homem é tão mal agradecido para com o seu Criador, que foi necessário definir uma data para este mister. O mais decepcionante, tem sido o fato de ele não se preocupar de, neste dia especial, parar para achegar-se a Deus agradecido pelas abundantes manifestações de seu amor para conosco.

Deus nos dá bênçãos físicas e materiais — saúde, força para o trabalho, o dom de ver, de ouvir, de falar, de comer, alimento, roupa, tecnologia, moradia — e espirituais — o amor com que nos amou enviando Jesus para pagar na cruz os nossos pecados, concedendo-nos perdão, acesso a Deus Pai, paz, consolo, alegria e vida eterna.

Se pudéssemos enumerar os benefícios que temos recebido do nosso Deus, veríamos que a conta deles é maior que a conta dos dias, horas e minutos do ano. No entanto, foi reservado apenas um dia no ano para agradecer e mesmo assim não o fazemos.

Que possamos parar ao final de cada dia e reunir a família para relembrar o dia que passou e assim, render graças ao Deus que cria e preserva o que criou.

“A um coração agradecido certamente Deus não desprezará”.

Pr. Gilberto.

Categorias: PastoraisTags: , , ,