Por toda vida

Uma vida afetada pelo evangelho causa impacto. No último feriado, caminhamos na discussão de como o evangelho nos refaz. Essas são verdades preciosas.

O evangelho nos refaz em nosso relacionamento com Deus. Nós, inimigos, fomos acolhidos como filhos por causa da obra completa de Jesus. Algo foi realizado fora de nós – Jesus se tornou homem, viveu a vida perfeita em nosso lugar, morreu em nosso lugar, e ressuscitou para a nossa salvação -, e nos colocou em uma nova condição diante de Deus. Nenhuma obra nos foi ordenada para a salvação; só nos cabe estender as mãos vazias da fé para receber o que Cristo fez.

Pense no poder disso. Temos um novo status na vida: por causa de Jesus, somos justificados e reconciliados com Deus. Essa é toda a base de nossa vida no mundo. Dessa base, as demais relações da nossa caminhada são reajustadas.

O evangelho nos reintegra individualmente. Porque pecamos, no Éden foi quebrada a harmonia plena do universo. Experimentamos várias rupturas e uma das mais básicas foi a desintegração interna. Experimentamos conflitos na alma: dúvidas, depressão, desânimo, disputa entre emoções e razão, e dificuldade de conhecer a nós mesmos.

Mas o evangelho nos reintegra. Por causa da obra de Jesus, podemos experimentar agora mesmo uma experiência de harmonia no mundo interior. Essa harmonia ainda não é plena ou exaustiva (só a teremos na eternidade), mas é verdadeira e substancial. O evangelho reajusta a nossa identidade, fazendo-nos perceber quem somos em Jesus, e daí podemos obter sentido, significado, segurança e satisfação na vida.

O evangelho também nos refaz no relacionamento uns com os outros. À medida que contemplamos o propósito de Deus para o homem e a igreja, e à medida que meditamos sobre a graça e o perdão de Deus, os nossos relacionamentos são reorientados, de modo que podemos estender aos outros a mesma graça que temos recebido. Podemos perdoar como fomos perdoados, e crescer em uma vida de verdadeira comunidade junto aos irmãos.

Vidas reconciliadas com Deus, restauradas em sua interioridade, reconectadas em comunidade causam impacto no mundo: o evangelho nos refaz em nosso relacionamento com a cidade. O evangelho está por toda a sua vida?

Pr. Allen

Categorias: PastoraisTags: , ,