0 items - R$0.00

Sermões

Selecione o sermão. Você pode buscar sermões por pregadores, tópicos, livros bíblicos ou séries.

Sermoes_2014

A redenção e seus desdobramentos

Em Cristo os eleitos são reconciliados com Deus, adotados na familia de Deus e inseridos na igreja invisível e visível. Essa salvação pela graça trás ao povo de Cristo diversas bênçãos e responsabilidades. A nova realidade do salvo é que ele não é mais escravo do mundo, carne e do diabo. Também não carrega maldição hereditária como se ouve na cultura evangélica moderna, na verdade o salvo é liberto de todos os vínculos com o passado e passa a ver a vida a partir da perspectiva da “redenção”. A sua vida agora é norteada pela comunhão com Cristo, testemunho do Evangelho e comunhão com seus irmãos na igreja local.

Ver sermão
Sermoes_2014

Salvos para servir

(Marcos 10.43-45) Ser a imagem do filho de Deus implica em uma vida de sincera obediência, o caráter do servo é observado em suas atitudes e não em seu discurso. As vezes é mais fácil falar do que ser servo verdadeiramente. Com base na Escritura vamos ver o perfil do servo de Jesus cristo.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Missão e aliança

A bíblia mostra de forma muito clarão o que se caracteriza uma aliança, a compreensão do pacto entre Deus e seu povo é fundamental para a edificação da igreja.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Santuário missionário

Baseado na revelação biblica sobre o céu, o jardim do Éden, o tabernáculo e o santuário aprendemos que a presença de Deus que outrora se manifestava em lugares, agora se manifesta nos crentes. Quando o véu do templo foi rasgado, não só o acesso a Deus foi possibilitado pela morte de Cristo, mas a gloria de Deus sai do templo e vai em direção ao mundo perdido.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Prioridades toscas de mentes inconversas

Ao serem confrontadas com a pessoa e a obra de Jesus, as pessoas desta região de Gerasa ou Gadara revelam o que é importante pra elas. Suas prioridades são toscas porque elas não são convertidas ao Senhor da Glória. Entendamos uma coisa: A conversão muda nossos sentimentos e vontade. Quando somos alcançados por Jesus, começamos a amar e desejar conforme Deus. Passamos a dizer como o salmista, “agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu” (Sl 40.8). A conversão dá prosseguimento a uma comunhão com o Senhor que altera nossas disposições mais profundas (cf. o geraseno no v. 18). E não apenas isso. A conversão muda, também, o nosso modo de pensar. A gente reconsidera tudo.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Sede saciada, vida transbordante

Todos nós temos um vazio na alma que ansiamos por preencher. Uns desejam verdadeira felicidade, satisfação plena ou cura da alma. Todos ansiamos por algo bom. Este texto nos fala sobre isso e sugere uma pergunta: Onde (em qual fonte) buscamos saciar nossa sede? Uns procuram a fonte da riqueza (que se esgota). Outros, a fonte da fama (que também seca). Outros, bebem na fonte do poder (que semelhantemente se esgota). E a lista abarca o prazer e até mesmo a religião. Eis a questão: Onde saciar nossa sede?

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Você pode fazer algo pra Deus

Então, ouvi que toda criatura que há no céu e sobre a terra, debaixo da terra e sobre o mar, e tudo o que neles há, estava dizendo: Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro, seja o louvor, e a honra, e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos. E os quatro seres viventes respondiam: Amém! Também os anciãos prostraram-se e adoraram.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Senhor, para quem iremos?

Eu não sei se você conhece o Senhor ou não, mas eu quero iniciar dizendo-lhe que Deus não é ficção, mas uma realidade. Talvez você tenha esteja buscando estabelecer-se. Se você lutava até hoje por suas próprias foças, em Jesus você encontra um Deus que toma suas lutas; que toma conta de você.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Jesus versus Legião (conclusão)

O que consta na segunda súplica? Entendendo que não há opção; que eles terão de sair mesmo, os demônios pedem a Jesus: “Manda-nos para os porcos, para que entremos neles” (v. 12). Lemos no v. 13: “Jesus o permitiu”. Por que Jesus permite que os demônios entrem nos porcos e causem toda aquela morte e aparente “prejuízo”?

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Bíblia, oração e avivamento

Avivamento é como plantar, o agricultor não tem poder para fazer a semente crescer. Mas ele sabe que quando se planta, rega, e aduba a semente ela cresce, ele não vê a semente crescendo quando está dentro da terra, mas ele crê que vai acontecer. Quem envia um avivamento é Deus. Mas ele nos revela na Escritura que o que antecede o avivamento é a vida alinhada com a palavra, oração fervorosa por comunhão. Não sabemos quando o avivamento vem, mas podemos crer e perseverar.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Deus e os seus caminhos

Os caminhos de Deus nem sempre são como gostaríamos que fossem, por isso, eles exigem uma fé perseverante e obediente nas promessas de Deus. Aprenda como o profeta Habacuque teve de lidar com os caminhos de Deus para sua geração.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Jesus versus Legião (parte 1)

O título do sermão assusta, Jesus versus Legião. Também as diversas menções à ação demoníaca pode incomodar. Se você é um cristão saudável, você não sente prazer neste tema. Jesus Cristo e a glória celestial são assuntos mais aprazíveis, mas, como pastor, eu tenho de pregar todo o “conselho” ou “desígnio” de Deus (At 20.27).

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Abrangência, atribuição, pré-requisitos e recursos da missão

Nosso objetivo é olhar para Marcos 5.1-20 de uma perspectiva missionária. As realidades espirituais que serão expostas nestes sermões são suficientes para arrancar você de sua condição de morto e escravo para uma condição de vivo e livre. Destinos eternos são definidos a partir de nossa reação a Marcos 5.1-20.

Ver sermão
Estudos bíblicos GIL

Não fosse o SENHOR…

Estudo do Grupo da Igreja nos Lares de 10 de junho, na igreja. Salmos 124. Especificamente a expressão “não fosse o Senhor” (Se não fora o Senhor, ARC ), usada duas vezes no Salmo (v. 1-2), nos convida a refletir sobre algumas dimensões de nossa existência.

Ver sermão
Sermões IPB Rio Preto

Atitudes que levam à destruição

Caim é uma expressão da humanizada caída. Por meio de seu triste exemplo, aprendemos sobre atitudes que levam à destruição.

Ver sermão