Posts sobre 'evangelho'

O evangelho muda tudo

Em Gálatas 1.13-14, Paulo informa que o evangelho produziu uma mudança completa em sua vida pessoal. Ele escreve: Porque ouvistes qual foi o meu proceder outrora no judaísmo, como sobremaneira perseguia eu a igreja de Deus e a devastava. E, na minha nação, quanto ao judaísmo, avantajava-me a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais. Paulo foi um jovem judeu promissor, mas considerou sua carreira como perda (Fp 3.4-8). Nós podemos fazer planos, mas Deus…

A sinceridade do evangelho

A quem queremos agradar? E por qual razão? Eis duas perguntas incômodas. Admitamos que fazemos muito coisa em busca de aprovação. Se formos agradáveis, seremos socialmente aceitos. Em um grupo, nem todos apreciam o “criador de caso”. Isso nos inclina a fazer aquilo que agrada aos demais. Em Gálatas 1.10, Paulo declara: Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo. Por…

Religião que desencaminha

Uma boa religião não é necessariamente o evangelho. Paulo entendeu que os cristãos gálatas estavam se afastando da pureza do evangelho, enquanto abraçavam uma religião falsa. Por isso ele escreveu: Admira-me que estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho…

Três funções do evangelho

A palavra “evangelho” significa “mensagem” ou “anúncio”. Paulo nos apresenta as três funções do evangelho em Gálatas 1.3-5: Graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, a quem seja a glória pelos séculos dos séculos. Amém! O evangelho anuncia o perdão dos pecados. A morte de Jesus…

O evangelho é suficiente

A barreira mais difícil de ser transposta na mente do homem natural não é a do apego a pecados escabrosos, mas sim a da justiça própria. Demora pra gente compreender que, em tudo o que diz respeito à nossa existência “debaixo do sol”, só temos duas opções: (1) a vida marcada pelo pecado ou (2) a vida marcada pelo pecado e pela graça do evangelho. Em ambas o pecado está lá, feio e devastador. A diferença é que, no segundo…

A defesa da verdade

Os homens afirmam que, em lugar de entrarmos em controvérsia na igreja, devemos orar a Deus suplicando um avivamento. Em vez de criar polêmicas, precisamos evangelizar. Bem, que tipo de avivamento você acha que teremos? Como podemos qualificar o evangelismo que se mostra indiferente a respeito do tipo de evangelho que está sendo pregado? Com certeza, isso não corresponde ao avivamento no sentido neotestament ário e ao evangelho que Paulo desejava proclamar, quando afirmou: “Ai de mim se não pregar…