Posts from novembro 2019

O poder expulsivo da gratidão

Descontentes não agradecem. Insatisfeitos apenas olham para o que está faltando, o que está ruim, o que não segue os seus padrões e expectativas. Na raiz do descontentamento está o egoísmo e a ingratidão. Egoísmo, pois eu me vejo como o centro do mundo e da minha vida; ingratidão, pois não me alegro nem agradeço pelo que recebi — muitas vezes nem reconheço que as tenho recebido. É essa a sua história? Notando sempre o que não possui, criticando a…

Vamos trabalhar para Deus

Em Gálatas 1.15-18, Paulo resume suas atividades durante as primeiras quase duas décadas após sua conversão. Chama atenção sua viagem à Arábia e os tempos de Gálatas 1.18 e 2.1: “três anos”, “quinze dias”, “catorze anos”. Notemos a ordem das coisas, primeiro, a preparação, depois o serviço. O ministério demanda uma obra paciente da providência de Deus. Ordinariamente, Deus faz as coisas devagar. Ademais, Paulo se dedicou a cumprir o chamado de Deus para sua vida. Com todo o seu…

Vamos depender de Deus

O Salmo 131 inicia com as seguintes palavras: “Senhor, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim”. O apóstolo Paulo assumiu este Salmo plenamente. Em Gálatas 1.18—2.2, descobrimos uma característica de Paulo que também deve existir em nós: ele dependeu de Deus antes e acima de tudo. Após sua conversão e chamado, Paulo não procurou imediatamente a igreja em Jerusalém. Ele recebeu a…

Comunhão preciosa

Os grupos pequenos da igreja (grupo da igreja simples, GIS) têm sido motivo de gratidão a Deus em meus dias. Dentre as razões, destaco a comunhão que eles promovem. Esses grupos despertam envolvimento que gera intimidade entre os irmãos. Por meio do estudo das Escrituras, da prática cristã, da oração mútua, dos testemunhos de vitórias e tropeços, Deus nos permite levar as cargas uns dos outros (Gl 6.2) e, assim, consolando-nos, nos fortalece na caminhada diante dos desafios da vida.…

Temor santo

A história da Reforma é a história dos temerosos. Eu explico iniciando com Martinho Lutero. A primeira grande virada na vida de Lutero se deu por causa de um ato de grande medo. Ele estudava Direito na universidade de Erfurt, Alemanha. O sonho de seu pai era que, obtendo sua formação, voltasse a Mansfeld e se tornasse prefeito. Mas algo aconteceu no caminho. Literalmente “no caminho”. Após uma visita à família, Lutero retornava para Erfurt, quando uma terrível tempestade teve…