A vitória dos piedosos

A vitória dos piedosos

O apóstolo Pedro ensina que “o Senhor sabe livrar da provação os piedosos e reservar, sob castigo, os injustos para o Dia de Juízo” (2Pe 2.9). Libertação no dia da provação. O cerne da vitória na luta espiritual. Os “piedosos” experimentam isso.

O adjetivo “piedoso” indica aquele que tem “piedade”, mas, afinal de contas, o que é piedade? No contexto da luta espiritual piedade não é pena ou dó, ainda que o exercício de misericórdia seja um traço importante da santidade cristã. O substantivo feminino eusebeia, apontado por Pedro, evoca a ideia de uma vida centrada em Deus nos termos do evangelho. O piedoso é alguém que caminha com Deus para glória de Deus. Piedoso é o devoto, o temente a Deus, o consagrado, o dependente de Deus e o comprometido com Deus. É o que ama a Deus acima de tudo o mais e se deleita em sua vontade. Piedoso é aquele que vence a luta espiritual.

A piedade e os meios para seu exercício tem de ser desejados. Os cristãos devem orar por isso (1Tm 2.2). Eles obtêm ganho unindo a piedade ao “contentamento” (1Tm 6.6-8). Ao invés de amar ao dinheiro, seguem “a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão” (1Tm 6.11). Diante do juízo iminente, eles vivem “em santo procedimento e piedade” (2Pe 3.11).

Notemos que nem toda busca de conhecimento é útil. Devemos ser seletivos naquilo que aprendemos, priorizando o ensino que nos aproxima de Deus, ou seja, “segundo a piedade” (1Tm 6.3; cf. Tt 1.1).

Por fim, nós precisamos assumir a piedade como ginástica para a alma (1Tm 4.7-8). Preocupado com o desempenho de Timóteo, Paulo instruiu “exercita-te”. O vocábulo gymnazō, de onde provém “ginásio” denota prática diária, exercício disciplinado; constância.

Isso implica em gerenciar a vida identificando hábitos ruins e alterando-os. Os meios de graça — a Bíblia e os sacramentos — devem ser repetidamente usados. O culto e a comunhão cristã não podem ser negligenciados. Timóteo não podia ser relapso; ele tinha de exercitar-se na piedade.

Rev. Misael. Publicado no Boletim 166, de 03/03/2013.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.