Posts by Abner Santana (Página 11)

Deus usa professores

Imaginemos uma igreja em péssimo estado, sem condições de prosseguir por ausência de liderança qualificada, desarticulação dos poucos departamentos ativos e desânimo generalizado. Não se cultua devidamente, não há voluntários para os serviços e nem jovens, apenas um ou dois adolescentes e poucas crianças. O povo se espalhou, a maioria das pessoas — membros restantes da referida igreja — desconhece a Bíblia e as finanças estão absolutamente arruinadas. O presbitério decide que é necessário designar alguém para cuidar daquele trabalho.…

A prática da unidade

Em Efésios aprendemos que, por graça, tanto fomos ligados a Deus, quanto Deus nos adotou em sua família (Ef 2.1-22). Isso é ainda mais destacado em Efésios 4.1-6. A vinculação em família não é meramente ideológica ou simbólica. Os que acolhem Jesus são unidos efetivamente uns aos outros pelo Espírito Santo. Efésios 4.1-6 alerta para um fato: Fomos jungidos pelo chamado de Deus (v. 1). No atendimento deste chamado o Altíssimo nos mesclou em unidade indissolúvel (v. 4-6). A unidade…

Quem está no controle?

Todos nós, por natureza, temos o desejo de controlar nosso mundo. Desde a infância, à medida que começamos a nos tornar independentes, tentamos controlar nossa vida, as circunstâncias ao redor, as pessoas que dependem de nós e se possível, até o nosso futuro. Pensamos e agimos muitas vezes como se tivéssemos poder para este domínio. Porém, basta um acidente, uma enfermidade, uma perda inesperada para cair a ficha, quebrar nossas pernas, para ficarmos sem chão e reconhecer que não somos…

Em busca da alegria

O que vem à mente quando pensamos sobre missões? Talvez imagens sobre povos na África, aborígenes na Austrália, Muçulmanos no Oriente Médio e, se formos um pouco mais modernos, secularizados na Europa. Naturalmente pensamos sobre missão como algo distante e destacado para uns poucos corajosos (ou malucos) que decidiram abrir mão da vida para servir a Deus. Mas não é essa a condição de cada cristão? O crente não é alguém que, por definição, decidiu abrir mão da vida (tomou…

Amizade para toda a vida

Meu pai faleceu quando eu tinha aproximadamente dois anos de idade. Eu nunca tive o privilégio de conscientemente chamá-lo de “papai”. Porém, depois de casado, nascidas nossas duas princesas, Elisama e Noeme, passei a escutar um som extremamente significativo, desde que elas começaram a balbuciar essa incrível palavra: “Pai”! De um lado, a palavra “pai” aguça a consciência quanto à responsabilidade do pai de amar a seus filhos enquanto governa, protege, sustenta e consola a cada um deles. E na…

Uma maneira diferente de ser

Toda doutrina bíblica tem o seu lado prático. Assim aconteceu quando o apóstolo Paulo escreveu aos Romanos. A partir do capítulo 12 ele enfa-tiza exortações éticas, resultantes do fundamento doutrinário exposto nos capítulos anteriores. Muito semelhante ao ensino do Senhor Jesus nos Evangelhos, principalmente no Sermão da Montanha. Quando o apóstolo diz que “não devemos nos conformar com este século”, ele o contrasta com a era que será consumada na vinda de Cristo. Enquanto vivemos neste mundo, caminhemos como herdeiros…

A bênção final

O livro de Apocalipse termina com uma promessa, uma oração e uma bênção: “[…] Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! A graça do Senhor Jesus seja com todos” (Ap 22.20-21). A ordem destes elementos é cuidadosa, inspirada pelo Espírito Santo. Os discípulos de Jesus Cristo se firmam nas promessas. Servem a Deus baseados nas palavras Sagradas da Escritura e não confiando na carne. Avançam em decorrência deste “certamente”. Daí eles oram. A promessa destaca Deus que se revela…

Criados por Deus

Deus é o criador de um povo. Em Isaías 43.15 encontramos a solene asserção: “Eu sou o Senhor, o vosso Santo, o Criador de Israel, o vosso Rei”. Deus cria um povo, Israel, e se revela a ele como o Santo e seu Rei. Isso é aprofundado em Isaías 54.5. Além de Santo e Rei, Deus é o esposo de seu povo: “Porque o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o seu nome; e o…

O menino Ney e os meninos “nem”

Nesse período de Copa do mundo, observamos o desempenho de Neymar — apelidado de “Menino Ney” — e da seleção brasileira. Especialmente sobre o craque do Paris Saint-Germain pesaram duras críticas, relacionadas à sua imaturidade emocional e as famosas quedas teatrais em campo. As críticas atingiram outro patamar com o #NeymarChallenge, uma brincadeira mundial em que as pessoas imitam as quedas do jogador, zombando de sua encenação. Há muitos aspectos a serem considerados no fenômeno. Um deles é a honestidade…

O propósito de Deus para a igreja

João tem uma visão magnífica no Apocalipse: “Então veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro” (Ap 21.9). Em 19.7-8 consta uma celebração: “Alegremo-nos, exultemos, e demos-lhe a glória, porque são chegadas as bodas do Cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou”. A Igreja é noiva de Cristo. O noivo ama a noiva e deseja desposá-la. “Cristo amou a…

A tríplice confissão do crente

A religião de algumas pessoas pode limitar-se ao coração, a de outras, as reuniões de seus adeptos, porém, a religião crente é um assunto interior do coração e também exterior e perceptível. Primeiramente a confissão do crente em Jesus tem seu aspecto privado, ou seja íntimo, do coração, onde só Deus vê. Foi o que disse o diácono Filipe ao Eunuco: “se crês de todo o coração” (At 8:37). Também em Atos 11:21, falando dos crentes dispersos que foram a…

O que aconteceu com a raça humana?

Em nosso tempo, o Humanismo substituiu o Cristianismo como o consenso do Ocidente. Isso teve muitos resultados, e não o menor deles foi mudar a visão das pessoas sobre si mesmas e suas atitudes em relação a outros seres humanos.1 Em 1979 Francis Schaeffer lançou um filme e publicou um livro intitulado O Que Aconteceu Com a Raça Humana?, em coautoria com o Dr. C Everett Koop, que foi cirurgião geral dos Estados Unidos durante a presidência de Ronald Reagan…

Consumidos por consumir

Uma das grandes promessas da Bíblia é a paz do Senhor. Seja como fruto da justificação ou como desfrute constante da pessoa do Senhor Jesus (Rm 5.1; Jo 16.33; 14.27; 20.19). Alguns perdem este gozo, sendo consumidos por pequenas infrações que geram sofrimento. Uma infração comum é cair na tentação de consumir. Vivemos intensamente pressionados — pela mídia e por amigos — a desejar o que não desejávamos. Compra-se de tudo, do inútil ao necessário, sendo a precipitação um dos…

O muito que dá em nada

Na semana passada me deparei com três textos que chamaram minha atenção. O primeiro consta no clássico sobre leitura, Como Ler Livros, de Mortimer J. Adler e Charles Van Doren: O sujeito que leu muito, mas leu mal, deveria ser condenado, e não elogiado. […] O ideal da boa leitura é aplicar as regras aqui descritas à leitura de um único livro, em vez de tomar contato superficial com muitos livros.¹ O segundo é de Daniel J. Levitin: Nossos cérebros…