Bate o sino de… Belém ou Nazaré?

Bate o sino de… Belém ou Nazaré?

No artigo intitulado Jesus: A Verdade Por Trás do Mito, publicado na revista SUPERINTERESSANTE (edição 312, dezembro de 2012, p. 54-63), nós lemos o seguinte:

Evangelhos à parte, hoje é consenso entre os historiadores de que Jesus nasceu mesmo em Nazaré. “Tanto Mateus quanto Lucas dizem que Jesus nasceu em Belém com o objetivo de dizer metaforicamente, simbolicamente, que ele é o ‘novo rei Davi’”, diz o teólogo americano John Dominic Crossan (p. 56).

Crossan, teólogo liberal nascido na Irlanda (ele não é norte-americano) e fundador do Jesus Seminar, é um estudioso influente nos campos da arqueologia bíblica, antropologia, Novo Testamento e Alta Crítica. A partir dele tem se difundido um novo ramo dos estudos bíblicos denominado Jesulogia.

Em Teologia, liberal é o oposto de conservador. Liberal é o teólogo que não crê que a Bíblia seja um livro inspirado por Deus. Conservador é o cristão que aceita as Sagradas Escrituras como Palavra de Deus infalível, suficiente e inerrante.

Como estudamos em Introdução Bíblica, em nosso Curso Teológico (CTP), no primeiro século foram escritos diversos livros sobre Jesus. A igreja só aceitou como canônicos os escritos dos apóstolos e de pessoas ligadas a eles (Marcos, que escreveu sob a supervisão de Pedro, Lucas, que escreveu sob a supervisão de Paulo, e Thiago e Judas, irmãos de sangue de Jesus). Todos os textos que contradiziam o ensino apostólico foram considerados heréticos pela igreja (Efésios 2.20).

Qual é o método de Crossan? Primeiro ele pega alguns escritos antigos e os coloca ao lado da Bíblia. Depois ele verifica em que pontos aqueles textos contradizem o ensino bíblico. Por fim, ele prefere o testemunho dos escritos rejeitados pela igreja do que o testemunho dos livros canônicos. A repórter Cristine Kist assume os postulados de Crossan como verdade, sem questionar o método.

Vejamos o resultado. A expressão “Evangelhos à parte” indica que os testemunhos de Mateus e Lucas são rejeitados e o ensino de Crossan é aceito. Quem é mais apto a fornecer uma informação sobre Jesus? Mateus conviveu diretamente com Cristo e Lucas entrevistou testemunhas oculares (cf. Lucas 1.1-3). Quem é mais confiável, Mateus e Lucas ou o Dr. Crossan?

Além disso, a matéria sugere uma contradição entre Mateus e Lucas: “Tudo o que sabemos sobre o nascimento de Jesus está nos evangelhos de Mateus e Lucas — e são versões bem diferentes”. Não há contradição nos Evangelhos; os relatos de Mateus e Lucas complementam um ao outro. Crossan diz ainda que os evangelistas bíblicos mentiram, ou seja, inventaram que Jesus nasceu em Belém.

Lemos ainda que “hoje é consenso entre os historiadores de que Jesus nasceu mesmo em Nazaré”. Tal afirmação não corresponde aos fatos. Nenhum estudioso crente e sério aceita as hipóteses de Crossan. Confira isso no livro O Jesus dos Evangelhos: Mito ou Realidade? Um Debate Entre William Lane Craig e John Dominic Crossan, publicado por Edições Vida Nova. A afirmação de que Jesus nasceu em Nazaré é absolutamente destituída de solidez histórica. E nós sabemos quem é o “pai da mentira” (João 8.43-45). Simplificando a questão, nós cremos que:

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra (2Timóteo 3.16–17).

Dito isto, no Natal, nós ficamos com a Escritura e celebramos ao Senhor, que nasceu em Belém (Mateus 2.1; Lucas 2.1-7).

Rev. Misael. Publicado no Boletim 154, de 09/12/2012.

Anterior
Acampamento 2013
Próximo
Assembleia 2012

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.