Blog (Página 27)

Carta à nova geração

Amados irmãos; Separados por uma geração, somos unidos em Cristo. Hoje pensamos em vocês, queridos seguidores do Cordeiro, membros – em 12 de dezembro de 2042 – da Igreja Presbiteriana Central de São José do Rio Preto. Alguns de vocês ouviram a primeira leitura desta carta, outros se juntaram à igreja depois. O que importa é que estão juntos lutando pela fé evangélica (Filipenses 1.27). Queremos, em primeiro lugar, saudar-lhes carinhosamente. Também oramos por vocês, para que desfrutem abundantemente da…

Relatórios de departamentos

Estão disponíveis os formulários dos relatórios de 2010 (pasta zipada, 463 KB). Transfira e preencha o documento pertinente ao seu departamento. A data final de entrega é 01 de dezembro. Basicamente, dois arquivos devem ser considerados: Relatórios gerais da Igreja Presbiteriana do Brasil. Os pastores (a missionária Rosa e os seminaristas preenchem o formulário de Relatório de Ministro com as devidas adaptações), o Conselho e as Congregações devem preencher os relatórios que constam no arquivo “Relatorio_Igreja_Ministro_Aprovado.xls” (formato MS Excel). Tais…

Somente crer

Falava ele ainda, quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: Tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre? Mas Jesus, sem acudir a tais palavras, disse ao chefe da sinagoga: Não temas, crê somente (Marcos 5.35-36). Diante da doença grave de sua filha Jairo procurou o Messias, suplicando por intervenção milagrosa. Jesus acolheu sua súplica e foi com ele, a fim de orar pela criança. No meio do caminho, premido pela multidão, o…

Estudos para download

Fazer parte de uma comunhão de amor é um desejo de muitos. Amar é sentir com, aceitar, convidar, ajudar e perdoar. Estamos colocando à disposição alguns estudos bíblicos relacionados a tais assuntos, que poderão ser usados para edificação pessoal, cultos domésticos ou reuniões de grupos. Dois conteúdos estão disponíveis em formato PDF, “Amar é sentir com” (153 KB) e “Amar é aceitar” (160 KB). Oramos para que você seja abençoado com estas reflexões na Palavra de Deus.

O justo viverá pela sua fé

Acontece às vezes. A gente pega carona com alguém e após alguns segundos percebe que não confia no motorista. Lembro-me de uma experiência ocorrida na década de 90. Eu ia de meu trabalho até minha casa com um amigo que dirigia freneticamente. A cada mudança de faixa, curva ou freada brusca eu me agarrava no assento. Instintivamente, alternava as posições de minhas pernas e assumia a postura de um motorista, antevendo os possíveis desastres, derretendo de ansiedade a cada nova…

Deus, a igreja e o coração

Somos a igreja de Jesus Cristo, somos abençoados. Faço questão de me lembrar disso, todas as semanas. Forço minha mente a meditar nas descrições bíblicas sobre a igreja: “Raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus”, gente com uma missão: proclamar as virtudes de Deus a todas as nações (1Pedro 2.9). Povo agraciado, transferido das trevas para o reino de Jesus Cristo. Preciso relembrar sempre, porque sou fraco. Sou pó e cinza e, do ponto de…

O tempero de Deus

Após algum tempo de caminhada no deserto, os israelitas sentiram saudades da comida egípcia: Os filhos de Israel tornaram a chorar e também disseram: Quem nos dará carne a comer? Lembramo-nos dos peixes que, no Egito, comíamos de graça; dos pepinos, dos melões, dos alhos silvestres, das cebolas e dos alhos. Agora, porém, seca-se a nossa alma, e nenhuma coisa vemos senão este maná (Números 11.4-6). A rotina do deserto produz confusão e desalento. O destino é a Terra Prometida…

Deus é por nós

No Salmo 56.9 lemos uma declaração digna de nota: “No dia em que eu te invocar, baterão em retirada os meus inimigos; bem sei isto: que Deus é por mim”. A confiança de Davi é destacada em um verso anterior: “Em Deus, cuja palavra eu exalto, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei. Que me pode fazer um mortal?” (Salmo 56.4). Leio tais palavras e penso nas dificuldades cotidianas, nas enfermidades e nos lutos; oportunidades para confiar em…

Adoração e plenitude do Espírito

A vida cheia do Espírito Santo é o padrão bíblico para os discípulos de Jesus Cristo. O apóstolo Paulo transmite-nos essa verdade em forma de ordem: “enchei-vos do Espírito” (Efésios 5.18). O interessante é a ligação entre o enchimento do Espírito e a adoração: “falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (Efésios 5.19-20). A plenitude…

Atletas Espirituais [Série de Mensagens]

Aproveitando o ensejo da Copa do Mundo 2010, dedicaremos algumas semanas para meditar no tema Atletas Espirituais: As Estratégias Divinas Para a Vitória, baseadas em 1Coríntios 9.23-27. Confira as pregações: 27/06 (9h). A identidade do atleta 27/06 (19:30h). Quem leva o prêmio? 04/07 (9h). Treinamento e resultados: O grande princípio 04/07 (19:30h). Treinamento e resultados: Duas estratégias para a vitória 18/07 (19:30h). Qual é a sua utilidade?

Deus opera apesar de nós

A avó do jovem Francisco nascera na Frígia e era de temperamento forte. Uma de suas frases preferidas era “quem está com pressa de morrer, que se enforque mais cedo!”. Muitos anos de passaram e aquele menino, que crescera ouvindo aquelas palavras, tornou-se pastor. Anos depois ele foi convidado para pregar em uma igreja na Austrália, na qual congregavam sua cunhada e irmão. O culto prosseguia bem e ele subiu ao púlpito, a fim de enunciar a Palavra de Deus.…

Tempo seco

Deus tem me dado o privilégio de pastorear em cidades nas quais há períodos de baixa umidade do ar. Especialmente o outono e o inverno são propícios à tosse intermitente, dores de cabeça e dificuldades de respiração. Para alguns desaparece a energia: acordar de manhã torna-se um fardo, a cabeça parece pesar muitos quilos e os neurônios sinalizam funcionar em “marcha lenta”. Penso na experiência de Israel a caminho de Canaã. Se o clima em algumas cidades do Brasil é…

Descanso e fé

A graça de Deus é experimentada singularmente no descanso. A máquina é desligada, a produção é deixada de lado e a função torna-se irrelevante. O descanso é para apenas ser — e enquanto somos, tornamo-nos mais densos, estáveis e capacitados a responder à pergunta “quem sou eu?”. O descanso é um círculo de sanidade — a falta de seu desfrute é danosa à inteireza da alma. Assim como discos rígidos de computador, os seres humanos vão se fragmentando à medida…