Equipe pastoral para 2012

Equipe pastoral para 2012

Em sua última reunião, realizada no dia 06, o Conselho definiu o quadro de obreiros para 2012. A equipe atual trabalhará com pequenos ajustes nas atribuições. Tais definições servirão de base para a avaliação do trabalho dos obreiros como equipe e individualmente. Oramos para que Deus abençoe cada um de nossos obreiros, especialmente, que todos sejam usados poderosamente para glória do Redentor e benefício da igreja.

Atribuições gerais dos obreiros

Rev. Misael
1. Liderança espiritual. 2. Pregação. 3. Condução litúrgica. 4. Doutrinação. 5. Aconselhamento. 6. Visitação. 7. Capacitação (discipulado) de oficiais. 8. Administração. (9). → Supervisão e suporte a todos os obreiros.
Rev. Willy
1. Visitas na sede: aos membros em geral, aos idosos e enfermos (ceia nos lares), aos hospitais e aos visitantes interessados (cartões da recepção) » o ministro de visitação da IPB Rio Preto. 2. Reuniões de orações nas terças e quintas-feiras. 3. Aconselhamento na sede. 4. Apoio aos diáconos (como complemento do trabalho de visitação e como presbítero docente designado pelo Conselho para acompanhar o trabalho diaconal – cf. parâmetros aprovados e lançada na ata do dia 09/05/2011). 5. Trabalho de capelania (junto a instituições de ensino, casas de recuperação, clínicas e locais de trabalho dos membros da igreja). 6. Pregação na sede e congregações. 7. Direção de liturgias e ministração de sacramentos na sede. (8) Com Renato, apoio operacional (telefonema para aniversariantes da semana, nos domingos e quintas-feiras).
Rev. Fábio
1. Pastoreio da congregação do Jardim das Oliveiras. (2) → Pastoreio e coordenação do trabalho da Estância Bela Vista.
Rev. Maurílio
1. Pastoreio da congregação do Jardim Vetorazzo. 2. Apoio à ASELB (representação nas assembleias e presença em cultos). (3) → Capelania juntamente com Rev. Willy)
Missionária Rosa
Gerência, evangelismo e suporte pastoral na Estância Bela Vista.
Licenciado Renato
1. Acompanhamento e auxílio à UMP (juntamente com os conselheiros daquela sociedade). 2. Pregação na sede e congregações. 3. Apoio operacional (na sede, auxílio à Secretaria; link com ministérios de comunicação social e Internet; telefonema para aniversariantes da semana, de segunda a quarta-feira e de sexta-feira a sábado; organização de eventos). (4) → Apoio operacional ao curso de informática do Projeto Bela Vista. 5. Coordenação do Conselho missionário (a partir de janeiro de 2012). 6. Direção de liturgias na sede. 7. Plantação de igrejas: 7.1. Desenvolvimento de projetos de organização das igrejas no Jd. das Oliveiras e Vetorazzo, juntamente com os obreiros locais; 7.2. Apoio presencial e prático na implantação dos referidos projetos nas congregações; 7.3. Cultos no Condomínio Figueira (reunião edificante; grupo pequeno; ponto de pregação?). 8. Apoio à ED (classe de novos membros). (9) Prestação de serviços nas congregações, sob coordenação de seus pastores, com vistas a cumprimento de tarefa de licenciatura (junho a setembro-outubro de 2011).
Seminarista Thiago
1. Culto infantil. 2. UPA (a partir de janeiro de 2012). 3. Direção de liturgias na sede. 4. Pregação na sede.
Atribuições distribuídas conforme demanda

A equipe trabalhará em conjunto com a finalidade de atender demandas diversas.

Resultados gerais esperados

O trabalho será desenvolvido considerando algumas expectativas gerais:

  1. Aperfeiçoamento do quadro de obreiros – que cada obreiro seja aperfeiçoado em santidade, conhecimento bíblico-teológico e habilidades-proficiência em sua área de atuação.
  2. Trabalho em equipe – que os obreiros trabalhem como um só corpo, como “irmãos”, “cooperadores” e “companheiros de lutas” (Fp 2.25).
  3. Dedicação – que os obreiros cumpram suas atribuições bíblicas e constitucionais.
  4. Relacionamento dentro do Conselho – que haja amor e verdadeira unidade entre os presbíteros docentes e regentes (Ef 4.15).
  5. Prática do planejamento geral da igreja – que os obreiros contribuam com a proposta de trabalho que está sendo aprovada pelo Conselho.
  6. Alinhamento doutrinário e litúrgico – que os obreiros tenham as mesmas convicções sobre assuntos centrais da fé cristã, confessionalidade e sistema de governo presbiteriano, e que isso se reflita em unidade e consistência na pregação, ensino, liturgia e prática ministerial.
  7. Saúde da igreja – que a igreja seja edificada por meio de sua equipe de obreiros.
  8. Organização das congregações – que as congregações sejam trabalhadas com maior foco para rápida organização. Serão apresentadas propostas de trabalho de cada congregação na reunião de outubro de 2011.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.