Cultos da IPB Rio Preto

Cultos da IPB Rio Preto

Adorar é despertar a consciência pela santidade de Deus, alimentar a mente com a verdade de Deus, purificar a imaginação pela beleza de Deus, abrir o coração para o amor de Deus, consagrando a vontade aos propósitos perfeitos de Deus. William Temple.

Os cultos na IPB Rio Preto são centrados em Deus, com ênfase na pregação e ensino da Bíblia. Os cristãos recebem os Sacramentos, oram, consagram dízimos e ofertas e louvam a Deus com hinos e cânticos espirituais. Os crentes são fortalecidos e todos ouvem o evangelho puro de Jesus Cristo.

Exposição bíblica
Exposição bíblica

Sete propósitos dos cultos da IPB Rio Preto

  1. Deus é buscado com sinceridade de coração.
  2. As reuniões são conduzidas sob a dependência do Espírito Santo, e por verdadeiros adoradores.
  3. Os cultos são organizados e respeitosos (reverentes), sem prescindir da alegria.
  4. Oferecemos a Deus nosso melhor louvor.
  5. A pregação é fiel (bíblica e doutrinariamente sadia), clara (didática) e viva (útil e fervorosa).
  6. Os cultos desafiam para a vida prática com Deus e suprem necessidades espirituais reais.
  7. Os cultos nutrem os crentes e comunicam o evangelho aos não-crentes.

Estrutura da liturgia

Duração

Os cultos da manhã de domingo duram 60 minutos. Os cultos da manhã duram 90 minutos, podendo chegar a 120 minutos caso haja Santa Ceia e recebimento de membros.

Estrutura

Os cultos constituem-se ordinariamente de sete partes: (1) Início; (2) Dedicação; (3) Edificação (Palavra e Sacramentos); (4) Cântico Congregacional e (5) Conclusão.

  • No Início, constam:
    • Prelúdio: música propícia para leitura da Bíblia, meditação e oração.
    • Saudação aos presentes e convite à adoração.
    • Leitura bíblica, relacionada ao tema do culto.
    • Oração de confissão e invocação.
  • Na Dedicação, constam:
    • Informações missionárias.
    • Chamado à dedicação de dízimos e ofertas.
    • Hino ou cântico espiritual.
    • Oração diaconal.
  • Na Edificação, constam:
    • Admissão de membros.
    • Sermão.
    • Ceia do Senhor.
    • Credo Apostólico.
  • No Cântico Congregacional constam hinos ou cânticos espirituais.
  • Na Conclusão, constam:
    • Pastorais e avisos.
    • Hino ou cântico.
    • Oração e bênção.
    • Palavra de despedida e convite ao poslúdio.
    • Poslúdio: uma música calma, possibilitando a oração de gratidão. Após o poslúdio as pessoas saem do local de adoração em silêncio, permitindo que os que ficam orem o quanto quiserem.

Fluxo litúrgico

As diversas partes do culto se intercomunicam. A liturgia é uma composição que tem por objetivo conduzir as pessoas à presença de Deus. As atividades desdobram-se sem interrupções.

  • A comunicação das diversas partes da liturgia é enxuta, sem redundâncias.
  • Os músicos se sentam nos primeiros bancos.
  • As leituras bíblicas, orações e ofertório são realizados primando pela qualidade de leitura dos textos, boa dicção e entonação de voz, postura adequada e boa apresentação pessoal do líder de liturgia.
  • Os avisos são reduzidos ou evitados ao máximo.

O líder de liturgia

Os líderes de liturgia atentam para o seguinte:

  • O líder de liturgia é um cristão de fé confirmada publicamente (membro comungante) ou menor batizado (membro não-comungante).
  • O líder de liturgia se consagra previamente, lê os textos da escala litúrgica, ouve e canta os hinos e cânticos e, por fim, ora pelo culto.
  • O líder de liturgia chega ao local de adoração com tempo para repassar os hinos com o pianista e orar.

A liturgia é preparada pelo pastor efetivo, salvo exceções. Cabe ao líder de liturgia estar pronto para conduzir o culto conforme planejado.