Nós precisamos de Deus

Nós precisamos de Deus

Deus não é uma invenção do pensamento ou sentimento religioso do homem. Deus não é um tema filosófico, não é uma energia ou força impessoal, não é uma fuga psicológica ou emocional para atenuar superficialmente nossas angústias.

Deus é um ser tripessoal (também chamado de Trino ou Triúno, Pai, Filho e Espírito Santo). Como Criador, ele nos fez segundo sua própria imagem e para comunhão com ele. Deus é nossa origem, propósito e significado; não existimos fora dele e somos por ele sustentados.

Podemos tentar resistir a isso, negar essas afirmações, nos esconder atrás de ideologias, rotinas ou outros subterfúgios. No fim das contas, estaremos simplesmente tentando nos esconder dele.

Todos nascemos com um problema relacionado a Deus: somos pecadores e ele é absolutamente santo, o Juiz Justo que nos julgará de acordo com nossos pecados. Nós precisamos ser reconciliados com ele. Deus também é amor, se revela na Bíblia (a Escritura Sagrada) e se manifestou como ser humano na pessoa de Jesus de Nazaré, Deus-homem que morreu, ressuscitou e está no céu a fim de nos reconciliar com o Pai.

Nós nascemos separados dele, mas podemos desfrutar de rica comunhão. Estávamos mortos, mas podemos receber vida; subjugados pela culpa, mas podemos ser perdoados; presos a laços de pecado, mas podemos ser libertos; escravos do diabo, mas podemos ser ligados ao reino de Deus. Não tínhamos como apresentar a Deus nenhuma justiça própria; não somos salvos pelas obras. Nosso destino era o inferno, mas podemos ter acesso à vida eterna, ao Paraíso Celestial.

Como acessar a todas essas dádivas? Somos convidados a crer em Jesus Cristo como único Senhor e Salvador. Somos orientados a clamar pela ajuda do Espírito Santo, para que entendamos as boas notícias da salvação e nos arrependamos de nossos pecados — para nos convencer de nossa necessidade de Deus e nos ajudar a compreender quem é, de fato, Jesus. O Espírito Santo pode nos dar um novo coração, a fé salvadora e uma vida nova. É assim que somos salvos, pedindo a Deus que nos visite com seu amor e nos converta, aceite nossas vidas vazias e as preencha com Cristo, o dom imerecido.

Você precisa de Deus, todos nós precisamos. Mas não basta qualquer “deus”, não nos satisfazemos como imitações ou concepções humanamente produzidas. Precisamos do Deus verdadeiro, o Deus que se revela na Bíblia e, especialmente, na pessoa de Jesus Cristo, o Redentor maravilhoso.

Você deseja conhecê-lo?