O nascimento de nossa Igreja

O nascimento de nossa Igreja

Foi num domingo, dia 04/03/1937, no salão de cultos situado na rua Siqueira Campos, 619, que a IPB Rio Preto foi organizada. Uma comissão foi nomeada pelo Presbitério Oeste de São Paulo especificamente para esse fim, formada pelos pastores Rev. Joaquim Alcântara dos Santos (relator), Rev. Armando Penaforte Amorim e pelo Presb. Cezarino Ribeiro de Carvalho.

A reunião foi iniciada às 16h20, com oração pelo Rev. Alcântara. Resolveu-se, então, organizar a IPB Rio Preto e foram recebidos 44 membros comungantes e 37 não comungantes.

A reunião foi suspensa às 17h8, e retomada por ocasião do culto vespertino. Reabertos os trabalhos às 19h30, orou o Rev. Joaquim Alcântara e, após o cântico do Hino 139 do hinário Salmos e Hinos, foi feita a leitura em Atos 2.1-13.

Em seguida, o relator leu instruções do Manual de Culto e a igreja entoou o Hino 91. O relator fez a pergunta constitucional sobre o desejo dos irmãos em se organizar como igreja, que foi respondida afirmativamente por todos. Neste momento, pelo relator foi feita a declaração solene de que estavam constituídos em igreja.

Passou-se à eleição dos oficiais. Foram eleitos presbíteros os irmãos Martiniano Prisco dos Santos, Arlindo Rodrigues da Costa e Joaquim Machado de Campos Júnior. Como diáconos, foram eleitos Francisco Timotheo dos Santos e Joaquim Camargo Lourenço.

Ordenados e instalados os oficiais, o Rev. Alcântara dirigiu-lhes uma parênese ou pastoral. A reunião foi encerrada às 21h40 pelo Rev. Alcântara, com a bênção apostólica.

Presb. Moysés Prisco dos Santos (Bíblia dos 70 anos).