'Natal' Posts Marcados

Onde está o Rei?

E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no oriente e viemos para adorá-lo (Mt 2.2). Esta era a pergunta dos magos do Oriente. Herodes, sua corte, os escribas e fariseus, não sabiam. Jerusalém não sabia. Poucos tiverem conhecimento da maior prova do amor de Deus para com a humanidade pecadora, Jesus. Os sábios, privilegiados pela estrela, não sabiam. “Onde está o Rei?” Esta pergunta ecoa ainda hoje. Mais de dois mil anos depois,…

Porque celebramos o Natal

Não encontramos na Bíblia a menção ao termo “Natal”. Entretanto, quase que a totalidade do mundo cristão comemora esta data no dia 25 de dezembro. Por que esta comemoração? Clemente de Alexandria, no 2º século, cita diversas opiniões sobre a data do nascimento de Jesus. Ao fim do 4º século, já encontramos registros de que as igrejas promoviam trabalhos especiais, em comemoração conjunta ao nascimento e ao batismo de Cristo. No 5º século, Agostinho escreveu que “de acordo com a…

Natal de luz

Você já foi à represa nesses dias? Já caminhou no calçadão à noite? Já parou em um dos retornos da Bady ou da Andaló? Se sim, talvez você já tenha alguma imagem em mente. O que acontece com esses espaços no fim de ano? Eles ficam especialmente iluminados. Há luzes por todo lado. Dos mais pomposos prédios ao singelo pisca-pisca do apartamento ao lado. Há alguma conexão não explicada do Natal com a luz. Não explicada? Talvez haja um ponto…

O Natal é sobre Jesus

Eventos podem ser interpretados de maneiras distintas. Por exemplo, uma mesma partida de futebol pode ser tida como trágica para uns e gloriosa para outros. Algo semelhante ocorre com a celebração do Natal. Apesar de não sabermos o dia exato do nascimento de Jesus (a Bíblia não fornece essa informação), no séc. 4, a igreja definiu 25 de dezembro como data do festejo natalino, movida tanto por uma constatação bíblica quanto por fervor missionário. Do ponto de vista bíblico, verificou-se…

Celebremos o Natal!

Algumas igrejas não comemoram o Natal. Dizem que celebrar o Natal não cabe, pois não se sabe a data exata do nascimento de Jesus. O louvor a Deus pela encarnação, no dia 25 de dezembro, seria uma farsa imposta pela paganização da igreja. Outros questionam a simbologia. A árvore e os enfeites são símbolos pagãos contrários ao Cristianismo. Por último, afirma-se (desonestamente) que os reformadores não comemoravam o Natal. Sendo assim, nós não devemos fazê-lo. Tenhamos cuidado com a demonização…

O Natal: Nosso ou de Deus?

As pastorais dos Boletins deste mês demonstram como algumas revistas especializadas lidam com as coisas da religião, selecionando e formatando as declarações da Bíblia como melhor lhes convém. Por detrás de toda “objetividade jornalística” identifica-se o “materialismo científico”. Dizem que o Cristianismo é uma formulação sociológica e as Escrituras não são “Sagradas”, mas um registro de crenças articuladas ao longo das eras. Se isso é assim, aquilo que os evangelistas escreveram sobre Jesus não passa de uma composição dos primeiros…

Eu creio no Senhor do Natal

Nesta pastoral eu aponto para duas outras abordagens do artigo intitulado Jesus: A Verdade Por Trás do Mito, publicado na revista SUPERINTERESSANTE (edição 312, dezembro de 2012, p. 54-63). Primeiro, a referência aos magos — “os três reis magos não eram reis. Nem eram três” (p. 57) — e, por fim, a afirmação de que Jesus “era moreno, baixinho e de cabelo curto” (p. 58). O inconverso lê estas coisas e pensa que o Cristianismo é uma farsa, o que…

Bate o sino de… Belém ou Nazaré?

No artigo intitulado Jesus: A Verdade Por Trás do Mito, publicado na revista SUPERINTERESSANTE (edição 312, dezembro de 2012, p. 54-63), nós lemos o seguinte: Evangelhos à parte, hoje é consenso entre os historiadores de que Jesus nasceu mesmo em Nazaré. “Tanto Mateus quanto Lucas dizem que Jesus nasceu em Belém com o objetivo de dizer metaforicamente, simbolicamente, que ele é o ‘novo rei Davi’”, diz o teólogo americano John Dominic Crossan (p. 56). Crossan, teólogo liberal nascido na Irlanda…

Refletindo sobre o Natal

A revista SUPERINTERESSANTE (edição 312, dezembro de 2012, p. 54-63) publicou um artigo intitulado Jesus: A Verdade Por Trás do Mito. A matéria choca os cristãos sinceros ao mesmo tempo em que fornece munição para os ataques dos inimigos do cristianismo bíblico. Neste mês responderemos aos principais ataques. A revista alardeia que Jesus “não nasceu […] no Natal” (p. 56). Hoje entenderemos porque fixou-se 25 de dezembro como data de comemoração do nascimento do Senhor. Para isso, reproduziremos um artigo…

O reino prático

Neste mês meditamos em diversos aspectos da profecia de Isaías 9.1-7, destacando o v. 6: Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Aprendemos que nosso Senhor Jesus é cem por cento homem e cem por cento Deus; ele é Rei e, ao mesmo tempo, Sabedoria. Ele é Eterno e fonte única e suficiente de plenitude…

Natal atrativo

Comumente o Natal é atrativo pelas decorações, pelas ofertas do mercado, pelas emoções mais afloradas. Contudo, sabemos que é apenas Cristo, o verdadeiro sentido do Natal, que deve tornar o Natal atrativo para nós. Assim, devemos nos perguntar: o que nos atrai em Jesus? Em Marcos 5.25-34, vemos que uma mulher, condicionada por um costume cultural do seu contexto de vida, havia sido deixada pessoal, social e espiritualmente à margem de qualquer vínculo com alguma pessoa. Para o bem do…

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.