Um convite de aniversário

Um convite de aniversário

O que geralmente se faz em celebrações de aniversário, é lembrar de fatos marcantes. Trazê-los à mente a fim de agradecer por cada superação e cuidado providos por Deus. Neste mês em que nossa igreja completa 84 anos, muitas são as experiências e lembranças de pessoas, circunstâncias e histórias, recentes ou mais antigas.

Porém, agora a comemoração se dá de forma inédita, limitada pelo contexto difícil e desafiador de uma pandemia. Deus tem operado nos dando a graça de estarmos juntos de forma real, pela via digital, a fim de buscá-lo e adorá-lo com ação de graças.

Além da provisão tecnológica, destaco outro mover da graça de Deus, que é o estarmos juntos em oração. Seja nos Grupos da Igreja Simples (GIS), departamentos e demais reuniões, a oração tem sido um esteio essencial para atravessarmos esse
vale sombrio. Talvez até com lágrimas nos olhos, mas com o coração jubiloso em nosso Senhor, a exemplo do salmista que diz: “Bendito seja Deus, que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça” (Salmos 66.20).

O convite de aniversário deste ano é ainda mais especial, o de nos mantermos juntos, em oração e participação nas atividades, com o coração jubiloso em gratidão. Sigamos a orientação de Deus, por meio de Paulo:

“Regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação,

na oração, perseverantes”.

Romanos 12.12

Seminarista Robson.